19/08/2015

0

BLOG NO DIVÃ

Boa tarde mamães, tudo bem por aí??
Hoje estou em um daqueles dias que preciso do ouvido de vocês. Sabe aquele dia em que precisamos desabafar pra nos sentirmos melhor, dividir o peso? E nada melhor que aqui, muitos acham que isso é expor demais a intimidade, eu não acho, eu gosto de dividir aqui porque sei que tem mães que estão no mesmo patamar que o meu e que podemos trocar experiências, esclarecer dúvidas, acalmar os corações angustiados.

Estou novamente naquele dilema trabalho x filhos. Meus filhos estão numa fase, que pedem pra que eu fique mais tempo com eles. Porém, só consigo à noite sem qualidade porque normalmente estou cansada depois do trabalho e procuro então oferecer aos finais de semana toda a qualidade que posso.

Muita coisa pesa tanto pra parar quanto pra continuar. O que pesa pra parar, stress desnecessário da alta gestão, muita tempestade em copo d'água. Aquela cena em que você para e pensa poxa vida saio de casa todos os dias dedicada a dar o meu melhor, deixo meu filhos na escola de coração partido e venho de peitos abertos pra "escutar isso"?? A gente acaba desanimando, outro ponto é a desvalorização do salário, veja bem aqui não estou falando que é a minha empresa que remunera mal, muito pelo contrário, ela remunera de acordo com o salário da função, são os salários em todas as profissões que estão defasados. Aí começo a me perguntar, o que será que sei fazer em outra função e trabalhar de casa, de repente conseguir ter um horário mais flexível...

Em contrapartida penso, a minha vida inteira trabalhei fora. Será que terei disciplina pra trabalhar de casa?? Será que saberei separar casa, crianças x trabalho estando no mesmo ambiente???. Será que realmente conseguirei ter flexibilidade de horários ou terei que trabalhar até mais tempo do que trabalhando fora. E o contato com as outras pessoas, aquela pausa pro cafezinho com os colegas.

Será?? Será?? Será??? Nossa vida é complexa em dúvidas, incertezas, serás e vejo o lado positivo de tudo, é isso que nos move diariamente e seguir dia após dia, tentando encontrar a melhor ou a mais conveniente solução para a situação.

É muito complicado rsrsr. Encontro-me numa sinuca de bico. Sinto necessidade de fazer algo novo, mas ainda não descobri o que.

E gostaria que vocês compartilhassem suas experiências comigo, compartilhasse quem também está passando por isso, quem passou, o que fez, não fez, deixou de fazer??

Enfim, quero conversar, preciso desse bate papo.

Um grande beijo pra vocês.

Lu